sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Amanhã


por Sharon Eve

A vida passa correndo e mesmo aqueles com a visão mais aguçada não a enxergam. A Terra continua girando como sempre girou, então dificilmente o dia terá mais de vinte e quatro horas. Esta é uma das coisas que não deve mudar no tão falado e, talvez temido, futuro. O Sol continua do mesmo tamanho, mas a Terra deverá ter sua temperatura média aumentada. O céu continuará sendo um mistério para muitos, e apenas azul com bolinhas de algodão para as crianças. Seu cachorro será seu melhor amigo, mesmo amanhã. Aquele menino não vai te dar bola hoje, e provavelmente vai namorar a menina mais bonita do colégio. Quando ele crescer, ele vai cruzar com você na rua, sorrir, e depois que você passar por ele, ele vai olhar para trás suspirando. Cléber não é tão charmoso, mas foi com quem você se casou, mesmo não adorando o nome dele. Confessa que é feliz e que a falta de um George Clooney na sua vida não afeta em nada, afinal, a última vez que você chorou por ele, foi quando rasgou aquele último poster que estava na sua parede.

Amanhã não é hoje, e é por falta dessa constatação que não fazemos muitas das coisas que deveríamos fazer, porque as deixamos para o futuro. Se estiver muito difícil de entender que o futuro já chegou amanhã, repita isso para si quantas vezes for necessário. Se quiser fazer em frente ao espelho, corra, garanto que ganhará um tom dramático. Acredito nisso. Os alunos de Harvard, mais do que considerados inteligentes, são disciplinados. Eles fazem as mesmas coisas milhões de vezes. Lêem o mesmo texto vinte vezes. E garanto, eles são feitos da mesma matéria que você, células.Há menos diferenças entre vocês do que você imagina.

Você criou seus filhos com o Cléber e nunca pulou um domingo de almoço na casa de sua mãe, a vovó coruja das crianças. Há diversos porta-retratos em todos os cômodos da casa, que é quase igual a casa dos seus sonhos. Ontem você e Cléber decidiram se separar, ou melhor, ele resolveu sair de casa. O mundo desmoronou e pular da janela parece a coisa mais esperta para ser feita. Porém, você tem dois filhos que amanhã apresentam uma peça de teatro e um espetáculo de jazz na escola. Faz três semanas que eles só falam disso. Você vai. É melhor deixar a janela fechada e ir para frente do espelho se enxergar. Você é você, suas rugas permanecem e a hidratação que você fez nos cabelos, ainda os deixam brilhantes. O Cléber está longe, e o Jornal Nacional continua entrando no ar no mesmo horário.

Amanhã seu dia será bem diferente e você ficará impressionada como conseguiu dormir sem calmantes. As apresentações dos seus filhos vão acontecer e se eles perguntarem do papai, ainda dá pra dizer que ele ficou preso no trabalho. Talvez neste futuro tão próximo que parece hoje, você vá enfrentar a situação mais difícil de todos os tempos, explicar o divórcio para seus filhos. Lembra quando você teve que entrevistar o presidente de uma empresa, com 22 anos, em francês? Você não falava a língua e deu tudo certo. Achava que já tinha passado pelo pior dos mundos. Hoje você percebe que sempre pode piorar um pouco, mas calma, pode dar certo de novo. Talvez você se surpreenda com a esperteza dos seus filhos.

Se tudo der errado, acredite que você está com a maioria. Bill Gates pode errar menos do que você. E o erro dele ainda sai na capa de todas as revistas. Continue achando que sair para tomar ar fresco é algo que clareia suas idéias, quem sabe você não tromba com alguém interessante durante sua caminhada na praça? Vai ver que tem um João esperando por você. Engraçado como você sempre gostou deste nome, até suas bonecas se chamavam João. Não tinha ninguém na família com este nome, até nascer seu filho.

Não tenha medo do futuro. Ele só é amanhã. Você sabe exatamente quanto tempo demora para ele chegar. 24 horas. Passou seus 38 anos programando sua vida dentro deste mesmo tempo. Você tira de letra. Quando estiver exausta, pense naquele rapaz de Harvard, que também está cansado de resolver um case por semana e ter que ser o número um. Você só precisa continuar correndo, não precisa chegar em primeiro.

VS.

5 comentários:

meunonsense disse...

Sensacional! Nada menos...

Saudade.
Ando tão corrida que mal consigo escrever no meu blog, mas tirei 2 minutos para ler seu texto e simplesmente achei incrível. Como você.

Beijos

Violet Scott disse...

incrível é você, sua linda!
saudade também!
muitos beijos

D. disse...

Ah Titi, que orgulho!

Você sempre escreveu bem pra caralho e acho que se supera a cada texto.

Hoje, amanhã, agora, daqui a pouco, sempre!

Beijo.

Violet Scott disse...

Você é suspeita, né?
Mas foi bom escrever esse texto. Precisava de algo mais humano. Beijos.

Mix disse...

Como sempre, amei!
Vc escreve de um jeito mto gostoso de ler!
Faça sua politica de boa vizinhança e passe no meu blog!
Tks
rs

To com dengue! - Só pra constar!
Bjo