terça-feira, 8 de setembro de 2009

"Insolação"



"Insolação" é o novo filme de Daniela Thomas, diretora já conhecida e grande parceira do diretor Walter Salles,  e Felipe Hirsch, diretor de teatro que estréia no cinema. O longa acabara de ser apresentado na Mostra Orizzonti, na 66ª edição do Festival de Cinema de Veneza. O filme conta a história de diversos moradores de Brasília, sendo eles jovens ou idosos, que tentam encontrar o amor naquela cidade inóspita. 

"Por um lado, escolhemos Brasília pelo que significa social e politicamente, e, por outro lado, pelas fotografias que vimos. Vimos construções racionais como uma utopia na qual se imaginava um homem novo. E este projeto fracassou", disse Thomas.

O elenco é formado por nomes conhecidos como Paulo José, Leonardo Medeiros, Leandra Leal e Simone Spoladore. Eu ainda não vi, mas estou super curiosa para ver. Daniela Thomas afirma que estado febril dos personagens é o que os move naquele cenário utópico, e já creditando este estado de febre em busca de amor, acredito ser uma obra, no mínimo, corajosa.  

VS.

9 comentários:

Henrique Crespo disse...

Estou muito curioso tb. Hirsh faz um trabalho especial no teatro. Quero ver como ele fez essa viagem para o cinema.

Violet Scott disse...

Parece que é um pouco teatral. Em Veneza, alguns críticos disseram que o filme é o teatro do sol. Vamos ver! VS.

meunonsense disse...

Hummm, quero assistir!!!!
Aliás, gostei bem mais desse fundo branco aqui (layout)!!!

=) Gostei do seu blog. Ganhou mais uma leitora.
Beijos

Violet Scott disse...

Nonsense, aquele fundo estava me cansando. Em breve tudo será novo por aqui! Deixei rastros pelo seu blog. Posso adicioná-lo aqui? Beijo, VS.

Henrique Crespo disse...

Resta saber o que quiseram dizer com isso. rs Enfim, Closer é um filme acusado de ser teatral e eu adoro.

Violet Scott disse...

Henrique, esse eu acho que será bem teatral, pelo pouco que vi. Mas acredito que terá elementos bem interessantes! VS.

meunonsense disse...

AAh adoro mudanças! E pode me chamar de Tassi ok? Fica mais bonito ahahahaha. Não so pode adicionar meu blog aqui, como ficaria muito feliz!!!! (vou fazer o mesmo).
Beijoooo
=D

André disse...

Eu fiz o filme, e fui assisti-lo no Festival do Rio. O filme é lindo. O filme exige disponibilidade de que vai vê-lo; ele não se dá de primeira, e é preciso desacelerar pra acompanhá-lo. Por isso talvez seja um filme tão especial.

Violet Scott disse...

André, certamente vou assistir ao filme. Tenho certeza que vou gostar do trabalho. Parabéns pelo projeto. Abraços, VS.