sexta-feira, 19 de junho de 2009

Estancando o vazio sob os olhos da lua




Vazio não se estanca como sangue. Nem sei se é fluxo que se bloqueia.
Fluxo que corre pelo corpo, inquieto em um mar de sangue ralo e vermelho.
Corri desesperadamente para chegar na hora, no lugar certo e no dia que você não me convidou.

Caí para dentro do seu mundo em um tropeço. Eu rapidamente levantei para abrir o maior sorriso e abraço do mundo. Sorri sozinha e não abracei ninguém. Nem você nem outro. Cheguei sem convite e você estava lá, mas não meu viu. Nunca mirou seus olhos nos meus. Nem mesmo deu boas-vindas. 

Fui embora em um instante relâmpago, sem imaginar que havia uma chuva anunciada. Tempestade dos nervos. Caminhei quando meus pés já não corriam mais. Um percurso sem fim começara a ser percorrido por uma alma com fome. Esta noite nunca deu espaço para o dia. A lua reinou no céu desde então, sem ter qualquer generosidade com o sol.


VS.

2 comentários:

Marcelo disse...

Ur romantic, deep and have a pure heart. A rare person! Let me say something.......

Someone who loves the secret of your eyes is watching over you.
Even if you don't know anything about it.

Possibly you don't. Maybe u'll never will. But it's just ok. I mean, your safe! Just keep going and you'll find your own way. It's written.

So

"Dont worry.

About a thing

'Cause every little thing

Is gonna be alright"

what's urs it's urs.
sooner or later it will show up to you.
Nothing can take it away from you.
"It's all about" faith.

Keep ur faith and nothing will let you down, sweetheart.
I promise you.

Violet Scott disse...

quem é você?
me conta.