segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

De repente, você. Mais uma vez.

Você está tão longe, mas todos os dias dentro de mim.

Eu não me canso de ouvir sua voz e achar que ela faz tanto sentido. Uma voz que soa a mais bela. Para mim é a mais bela. Estes dias eu estava observando as luzes que invadiam a noite e, quando dei por mim, Tom estava lá, sentado também, a não mais que um metro de distância de mim. Ele sorriu com um rosto plácido que me deu toda a calma necessária e algumas explicações. Perguntei se ele sentia tudo isso em relação a você e ele me disse que explode todos os dias.

VS.

Um comentário:

Regi disse...

gente! q coisa mais linda!